Ilha da Madeira

Ilha da Madeira Portugal é uma beleza natural estonteante. O Roteiro da Ilha da Madeira!

  • Sou Brasileiro
  • Segurança e Conforto
  • Serviço Privado
  • Clean & Safe

Ilha da Madeira Portugal

O território do arquipélago contém duas ilhas principais: a ilha da Madeira e a ilha do Porto Santo. Além destas, existem dois grupos de ilhas desabitadas, as ilhas Desertas e as Selvagens, habitadas por vigilantes da natureza, biólogos e polícia marítima que protegem estas reservas naturais.

Os acessos aéreos às principais ilhas são o Aeroporto da Madeira, com o nome de Cristiano Ronaldo, e o aeroporto do Porto Santo. Por via marítima, o Funchal possui um porto que recebe vários navios, principalmente cruzeiros.

A posição geográfica privilegiada e a orografia montanhosa conferem à Ilha da Madeira uma espantosa amenidade climática, com temperaturas médias muito suaves, que oscilam entre os 25° C no verão e os 17° C no inverno, aliadas a uma humidade moderada.

Por influência da corrente quente do Golfo do México, a água do mar é igualmente muito temperada, apresentando médias no verão de 22°C e de 18°C no inverno. Condições que contribuíram para que a ilha se tornasse num pólo de grande atratividade para o turismo.

Situado numa baía banhada pelo oceano Atlântico, na costa sul da Ilha da Madeira, o Funchal é a capital do arquipélago da Madeira e o seu maior centro turístico, comercial e cultural.

A cidade oferece um vasto leque de atividades de lazer, desde visitas aos seus museus, igrejas e outros monumentos, passeios nos seus fantásticos jardins, observação de cetáceos, compras, diversão nocturna, entre muitas outras atividades.

A Ilha da Madeira ao logo dos últimos anos tem vindo a ganhar vários prémios de turismo. Em 2019 não foi exceção, ganhou o prémio de melhor destino insular.

Se você está pensando em ir passar férias à Madeira recomendo a você um apartamento onde fico hospedado sempre que vou à Madeira. Ele é meu amigo e é um cara bem legal. Ele disponibiliza um táxi para ir buscar você ao aeroporto. É um Alojamento mas é como você ficasse em um hotel de 5 estrelas. O prédio é todo dele e se fosse for com toda a sua família podem alugar os 3 andares.

Roteiro da Ilha da Madeira

Abaixo deixo um roteiro único e exclusivo da Ilha da madeira

  • Notas gerais:

Alugue um carro e percorra a ilha toda de uma ponta à outra. Tente andar o mínimo possível pela via-rápida (nome para autoestrada na ilha da Madeira) e aproveite para ir andando pelos caminhos “antigos” mais próximos do mar e perca-se pela ilha fora…

Leve sempre no carro uma camisola. Num dia, pode apanhar as quatro estações do ano, não é assim tão raro!

Ao almoço e jantar coma espetada em pau de louro e bolo do caco com manteiga de alho a toda a hora.

Relaxe e desfrutem ao máximo!

  • O que você tem mesmo de fazer (se estiver bom tempo)

Existem várias levadas (levadas são caminhadas no meio da natureza) na Madeira que são um espetáculo. Faça a levada entre os picos (começa no Pico do Areeiro – onde podem chegar de carro – e vá até ao Pico Ruivo – onde é impossível ou praticamente impossível ir de carro). Não digo para você fazer a levada toda porque isso implica ter de andar perto de duas horas para cada lado. Mas, ir até meio (ou até onde quiser/conseguir) e depois voltar para trás, já valeu esse passeio. Se quiser me contate que passo para você um contato de um amigo meu que é guia de levadas na Madeira. Tenho a certeza que ficará em boas mãos!

Tenho fotografias incríveis dessa levada; uma beleza natural estonteante. É preciso ter sorte com o tempo: se tiver nublado não vale a pena ir. Pelo sim pelo não, leve um casaco porque ora está acima das nuvens, ora está entre as nuvens, ora está abaixo das nuvens.

Ilha da Madeira Portugal | Encumeada

 

Água e alguma comida também são bem-vindas, e claro… máquina fotográfica. Aconselho MUITO!

Além desta levada existem têm outras, como por exemplo a do Caldeirão Verde também é muito boa. Fale comigo!

Ilha da Madeira Portugal | Levadas

 

  • Funchal

Vamos começar pelo centro do Funchal. Se seguir este roteiro, não precisa de mais de uma tarde, acredite em mim!

  • Para passear a pé:

Comece na Rotunda do Infante e faça a Avenida Arriaga a pé. Ao longo da Avenida Arriaga, encontrará vários cafés com esplanadas onde pode tomar um café. Ainda na Avenida Arriaga, encontra, do lado esquerdo, o Jardim Municipal e, depois do Jardim, tem o Blandy – Vinhos Madeira. Só vale a pena visitar o Blandy, se quiser um programa mais turístico para conhecerem/comprarem vinho Madeira.

No final da Avenida Arriaga, você encontra a Sé do FunchalIgreja muito bonita.

Se continuar sempre em frente, depois do Blandy, passa pelo edifício que foi o Banco da Madeira, e vão ter à Rua Fernão Ornelas que, no final da rua, vai ter ao Mercado Municipal.

Mercado dos Lavradores Ilha da Madeira

Mercado dos Lavradores Ilha da Madeira - Flores da Madeira

 

Na Rua Fernão Ornelas, tem a BORDAL, que é uma loja e fábrica de bordados Madeira. Conheço o dono da BORDAL. A “fábrica” é engraçada de se ver, pois ainda mantêm a tradição em todo o processo, que é muito giro. Caso queira visitar, me fale, organizo uma visita programada para você. Aqui, vale a pena ir durante a semana que é quando eles têm a fábrica aberta. Fica no n.º 77, 1.º andar.

A BORDAL fica muito perto do Mercado Municipal. Entre no Mercado, é giro, vai ver imensas frutas e flores de várias especies diferentes. Imensas cores, cheiros e sensações. Atenção, não se deixe enganar pelos preços! Peçam para baixar os valores, há preços para os visitantes e os preços para os madeirenses, locais…

Depois do Mercado Municipal, tem a Zona Velha. Aconselho, sinceramente, a visitar a Zona Velha, é um bairro antigo da zona do Centro do Funchal, é muito giro. Aqui, você vai encontrar vários bares com poncha, a bebida mais típica da Madeira. A melhor altura para passear na Zona velha é ao final da tarde ou depois de jantar.

Na Zona velha da cidade do Funchal, tenho um amigo com Alojamento Local mas é como você ficasse em um hotel de 5 estrelas. É um prédio com 3 andares com garagem onde você pode ficar com sua família uns dias para conhecer a madeira.

Ilha da Madeira Portugal | Funchal

 

Quer visitar este enquanto? Reserve já o Alojamento. É como ficar em um hotel de 5 estrelas.

  • Para beber um copo ao final da tarde ou depois do jantar

Para tomar um copo ao final da tarde ou depois de jantar, aconselho ir ao Barreirinha Bar Café. É um sítio onde amigos meus vão com frequência, para beber um copo ao final de tarde ou depois de jantar, sempre que estão visitando a Madeira.

Todo este percurso pode e deve ser feito a pé.

Para um copo ao final do dia, deixo a você ainda outra dica:

Junto à Rotunda do Infante, você tem o Centro Comercial Dolce Vita. Se você entrar pela porta principal do Centro, vai ver umas escadas e, por sua vez, do lado esquerdo, irá ver um senhor de cartola e uns acessos a uns elevadores. Não fique inibido e peça para ir ao terraço. Isso é um hotel – o Divine – tem um terraço maravilhoso para beber um copo de vinho ou um cocktail e ouvir boa música, para desfrutar de um excelente momento a dois, a três, os que forem…

  • Para comer no Funchal:

Entre a Avenida Arriaga e a Rua Fernão Ornelas têm a Praça do Carmo. Aqui você vai encontrar vários restaurantes incluindo um que é uma frutaria – é um restaurante para beber um suco natural e tomar uma refeição ligeira.

O Riso é um restaurante que fica na Zona Velha, mesmo ao lado da Barreirinha. É de risoto. Paga-se bem, mas é bom e o espaço é muito giro.

O Jacket é uma tasca para comer peixe, que fica no início da Rua de Santa Maria (Zona Velha).

O Gavião Novo fica na Rua de Santa Maria (Zona Velha), é um restaurante de peixe.

  • Restaurantes bons para comerem no Funchal, fora do centro, para ir de carro:

O Barqueiro é uma marisqueira. É óptimo, de confiança para comerem marisco e peixe.

O Beergarden, que fica ao pé da praia Formosa. É um sítio que só abre à tarde e fecha por volta da 1 da manhã. É bom para comer: picado (prato típico madeirense com carne de vaca cortada aos bocados com cogumelos e acompanha com batata frita) ou um prego no bolo do caco ou polvo de escabeche ou ovas de escabeche. É um sítio perfeito para ir de fato de banho, muito relaxado, petiscar. Aqui, também podem beber uma poncha.

Restaurante Atlântico – Clube Turismo – fica ao pé do Lido. Muito bom, come-se bem, sugiro o atum braseado. Fazer reserva e pedir para ficar na rua (esplanada).

Clássico – Hotel Duas Torres – obrigatório ficar na rua, senão não vale a pena! Pode comer de tudo!

  • Para Lanchar:

O Ravioli – uma pastelaria espectacular que fica na zona do Lido (é óptima também para ir depois de uma noite de copos =))

  • Garajau

É uma zona de vivendas e é onde está o Cristo Rei. Tem uma vista interessante para o Funchal. Se quiser, vá lá só para as fotografias e eventualmente para ver o pôr-do-sol.

  • Machico

A segunda maior cidade da Madeira. É um sítio giro para passar por lá para “sentirem a coisa” e beber um café.

  • Caniçal

Nada de especial, perfeito para almoçar. Têm um restaurante que se chama Amarelinho. Perfeito para comer lapas, peixe, tudo o que esteja relacionado com o mar.

No Caniçal tem a Prainha que é a única praia na Madeira com areia natural (ainda que seja areia escura).

A título de curiosidade, aí nessa zona (Caniçal) podem aproveitar para ir ver a Quinta do Lorde.

  • OBRIGATÓRIO: depois do Caniçal, siga em direcção à Ponta de São Lourenço e vá à Baía D´Abra. Para mim, das paisagens mais bonitas da Madeira! Quando estiver a dirigir para a Ponta de São Lourenço, passa pela Zona Industrial, depois pela Prainha e chega a uma altura que vai ter uma rotunda (pequena); na primeira saída, vão para a Baía D´Abra, na segunda saída, vão para outro miradouro (que não me recordo do nome) que tem de ir por um caminho de terra-batida (diz-se que era aqui que o padre Frederico cometia seus crimes nos anos 90) que também é obrigatório visitarem.
  • Santo da Serra

De regresso ao Funchal, passe pelo Santo da Serra. É a Serra. É giro ir a subir e, quando lá chegar, vai ver que é mesmo giro, pois está mesmo na Serra, o cheiro é completamente diferente.

Passe pelo Campo de Golfe que vai estar do seu lado direito, passa a Vila (atenção, a Vila são meia dúzia de tascas à beira estrada), pode parar e entrar num tascão (vem de tasca que é o nome dado a um estabelecimento onde vende café e copos de vinho e outras bebidas) para beberem uma cidra.

  • O que se segue é OBRIGATÓRIO: depois de passar a Vila, vá sempre em frente e, quando chegar à rotunda, vire na primeira à direita. Logo, do seu lado esquerdo, vai encontrar uma tasca mais elevada em relação ao nível da estrada e param. Acabou de chegaram à MELHOR PONCHA DA MADEIRA!

NOTA IMPORTANTE: leve alguma coisa quente para vestir, quando for ao Santo da Serra, pois lá está quase sempre frio!

  • Câmara de Lobos

É a zona dos pescadores. Em tempos, foi muito muito muito pobre, vão encontrar alguns miúdos a pedirem dinheiro.

Para mim, é sítio a visitar! Dá para parar e beber um café ou uma poncha no Number Two.

Ilha da Madeira Portugal | Camâra de Lobos

 

  • Cabo Girão

Tem 500 metros de altura e uma vista muito boa. Foi de onde o Mário Pardo (tipo patrocinado pela Redbull) se atirou de mota e pára-quedas. Par uns 5 a 10 min para a fotografia.

  • Ponta do Sol

Tem a estalagem da Ponta do Sol. É um lugar espetacular, que você pode visitar para tomar qualquer coisa.

  • Madalena do Mar

É giro, um sitio a visitar para passar um tempo tranquilo: quando chegar à Madalena do Mar, junto à estrada colada ao mar, tem de ir para o lado esquerdo, passa dois túneis (antigos) e, logo depois do 2.º túnel, do lado direito, (não vê da estrada) têm um bar muito giro, na praia, feito de contêiner, onde pode estar tranquilo a beber qualquer coisa, ler o jornal e dar uns mergulhos. É muito giro. Chama-se ZION.

Para comer, tem o restaurante: A Poita (para comer peixe) – este restaurante não conheço, mas um amigo meu já me falou e recomendou.

  • Calheta

Você pode visitar a Casa da Mudas. É um museu fantástico para visitar. Mesmo que não entre (se tiver pouco tempo, não aconselho), acho que deve visitar, pois é um edifício fantástico com vistas muito bonitas!

Visite o Engenho da Calheta. Este constitui um dos mais antigos engenhos de cana-de-açúcar existentes na ilha da Madeira. É a fábrica onde fazem a famosa águardente, rum, para fazer a poncha. Para você ter ideia, a aguardente tem 50º de Álcool. Ao visitar recomendo que compre aguardente, compre 1L em garrafa de plástico para levar no avião e compre também e broas de mel. São qualquer coisa como geniais!

  • Jardim do Mar

Um paraíso na Terra! Dâ um passeio a pé. Para além da visita geral, ao chegar ao Jardim do Mar, se for para o lado esquerdo, vai ter a um restaurante que se chama O Portinho. Este lugar é fantástico para comer e estar tranquilo a ler e a ver o mar. Uma vez que está próximo do mar, sempre pode dar um mergulho. NOTA: cuidado para não escorregar na rampa! Quando chegar lá, vai ver o que falo. Vá, dê um mergulho, recomendo mesmo!

  • Paúl do Mar

No Paúl, tem que ir ver o pôr-do-sol ao Maktub! É o bar onde se vende mais Rum em Portugal!

É um lugar onde os madeirenses vão ver o pôr-do-sol e beber mojitos. Você vai ver que os mojitos não são nada de especial, mas vale a pena pelo encanto. Considero um dos lugares a não perder!

  • Serra D`Água

A caminho de São Vicente, depois de passarem a Ribeira Brava (não vale a pena parar), vão entrar num vale que se chama Serra D´Água. Vá com atenção, porque, a meio do percurso, do lado esquerdo, vai aparecer uma tasca, à beira estrada, que vende poncha. Não acho nada de especial, mas considero um lugar importante para passarem, não pela poncha, mas pelo envolvente em que vai beber a poncha.

  • Encumeada

No seguimento da Serra D´Água, a caminho de São Vicente, sobe a Encumeada. Suba a Serra. Vai encontrar mirantes onde pode ir parando para apreciar a vista! Depois de chegar ao cume (caso queira ir ao norte da Ilha), desça pelo lado norte em direcção a São Vicente.

Ilha da Madeira Portugal | Mirantes

  • Seixal

A única coisa que aconselho é ir ao restaurante Sol e Mar comer um arroz de lapas e lulas grelhadas. Quando chegar, pare logo no restaurante e reserve uma mesa na varanda, depois dê um passeio. Depois do almoço, aproveite para conhecer um pouco a costa norte e as suas vistas.

Em relação ao Norte da Ilha, o interessante são alguns restaurantes e as vistas bonitas.

Um bom programa é descer a Encumeada e ir ao Seixal almoçar. Depois, podem regressar pelos túneis.

  • Ponta do Pargo

Ver a vista.

  • Prazeres

Tem um restaurante em frente da igreja que se chama Parque. Aqui só pode comer Bacalhau!

  • Porto Moniz

Piscinas naturais no Porto Moniz. São engraçadas, acima de tudo por não ter nada idêntico em Portugal continental, eventualmente nos Açores. Para entrar nas piscinas naturais, paga mas é um valor irrisório (2 ou 3 euros, creio).

Ilha da Madeira Portugal | Piscinas Naturais do Porto Moniz

 

De qualquer forma, para o caso de querer fazer praia, segue um programa muito giro e alternativo:

Fajã dos Padres: para lá chegar paga € 7,5, valor por pessoa, para descer e subir no elevador, mas, depois de lá chegar a baixo, está no paraíso. É lindo! Pode tirar uma manhã, vai fazer praia lá, comer no restaurante (peixe) maravilhoso, beber umas chopp e relaxar. Depois, a meio da tarde, vai para a zona do Jardim do Mar e Paúl do Mar, para beber um mojito a ver o pôr-do-sol.

  • AS MELHORES ESPETADAS – Onde comer?

Podia estar a enumerar vários restaurantes, mas vou recomendar a você o “clássico do clássico” – Restaurante Santo António, no Estreito de Câmara de Lobos. Peça espetada no pau de louro.

Aqui, vai comer o VERDADEIRO bolo do caco com manteiga de alho!

Tem ainda “O Lagar” e a “Quinta das Vides” (com mais requinte, melhor vista), ambos no Estreito de Câmara de Lobos.

  • As bebidas dos madeirenses são:

Chopp: Coral
Sumos: Brisa Maracujá e Brisa Maçã.

  • Para sair à noite (no Funchal):

O Café do Teatro (na Av. Arriaga), o Marginal e o Jam (junto às Vespas) continuam, para mim, a ser os melhores bares/discotecas. Você vai ficar bem servido. Se a intenção for sair à noite, fale comigo e recomendo uns amigos para sairem juntos.

A título de curiosidade, o Molhe é uma discoteca que fica num género de ilhéu em cima do porto do Funchal. Tem boa vista.

  • Não deve fazer na ilha da Madeira

Aqueles carrinhos de cestos são uma treta. É só mesmo para turista enterrar dinheiro.

Ir ao jardim botânico (que é um espanto, diga-se) mesmo se for apreciadores de plantas e vegetação.

Casinhas de Santana. Vejam na internet kkkk são duas ou três casas exactamente iguais ao que vêm na net.

Ilha da Madeira Portugal | Casas de Santana

 

  • Porto Santo

Para lá chegar só de barco ou de avião. Recomendo ir se for Verão. A ilha é deserta mas tem uma das praias mais bonitas de Portugal.

Se precisar de alguma informação me fale, irei ajudar você em tudo o que for preciso, desde: aluguel de carros a bons preços, onde ficar em hoteis ou alojamento local, bilhetes para entrar em algum museu ou espetáculo que esteja acontecendo durante a sua ida à Ilha da Madeira.

 

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Ver todos os comentários
0
Adoraria seus pensamentos, por favor, comente.x
()
x