Tour Lisboa, Belém, Ponte 25 de Abril e Cristo Rei

O que esperar do tour Lisboa, Belém, Ponte 25 de Abril e Cristo Rei

  • Sou Brasileiro
  • Segurança e Conforto
  • Serviço Privado
  • 24/7 Suporte durante a estadia

O que esperar do tour Tour Lisboa, Belém, Ponte 25 de Abril e Cristo Rei?

Uma aventura pelas colinas de Lisboa.

Com sete colinas para explorar, num cenário que muda de praças soalheiras junto ao rio para ruas estreitas e pitorescas, desde bairros antigos até zonas modernas de negócios, Lisboa vale a pena explorar numa visita guiada, mesmo que depois tenha mais algum tempo para se concentrar em alguns locais.

Dependendo de onde estiver hospedado, o nosso passeio pode começar logo aí e ser adaptado ao longo do caminho.

Podemos avançar para Belém, com o seu impressionante mosteiro, à beira rio e os famosos ‘pastéis de Belém’; ou podemos ‘atacar’ logo as colinas, passando por alguns miradouros maravilhosos nos bairros antigos perto do Castelo de São Jorge ou na colina do Chiado. Podemos até seguir logo para a ponte 25 de Abril e apreciar a vista da estátua do Cristo Rei, do outro lado do rio Tejo.

A colina do castelo, com a catedral, o bairro de Alfama, a igreja de São Vicente e os miradouros de Nossa Senhora do Monte ou Portas do Sol, são alguns dos destaques da parte mais antiga da cidade.

A Baixa, junto ao rio, com as suas praças principais (Comércio, Rossio, Figueira), e a Avenida da Liberdade, que segue até à Praça do Marquês de Pombal, são as principais atrações da rota que começa nas águas do rio Tejo, junto à Praça do Comércio, e sobe lentamente por entre as colinas até aos bairros mais modernos.

A Baixa foi totalmente destruída no terramoto de 1755, bem como a maior parte da cidade, mas a reconstrução foi rápida e seguiu uma abordagem mais moderna de desenho dos edifícios e das ruas, como um tabuleiro de xadrez. A melhor forma de saber o que aconteceu a 1 de Novembro de 1755 é através do walking tour “O Terramoto de 1755”.

No lado oposto ao castelo, com a Baixa no meio, também podemos explorar a encantadora colina do Chiado, seguida dos bairros conhecidos pelos bares e restaurantes: Bairro Alto, Príncipe Real e Cais do Sodré, este último de novo junto ao rio.

Numa das pontas de Lisboa junto ao rio, em frente à estrada que leva até Cascais, Belém é um nome quase tão famoso como o da própria cidade. Esta zona começou por ser um estaleiro naval, e foi por causa dos descobrimentos portugueses, e do comércio que daí surgiu, que o enorme Mosteiro dos Jerónimos aqui foi construído no século XVI, bem como a Torre de Belém.

Outros pontos de interesse, como o Padrão dos Descobrimentos ou os vários museus, também estão directamente ligados ao importante passado marítimo de Portugal. E não nos podemos esquecer de saborear os Pastéis de Belém, um bolinho tradicional que segue uma receita antiga do mosteiro, que continua a ser produzido na mesma pastelaria artesanal desde 1837.

O santuário de Cristo Rei era uma ideia já antiga inspirada na estátua do Rio de Janeiro, mas que só foi posta em prática já nos anos 50. E dado que Portugal não participou na Segunda Guerra Mundial, a estátua foi erguida para agradecer a Deus por ter poupado o país.

Quanto à Ponte de 25 de abril, anteriormente conhecida como Ponte Salazar, foi inaugurada em 1965 e é uma das características que tornam Lisboa e São Francisco muito semelhantes. Recebeu a designação actual logo após a revolução de 25 de abril de 1974, o que explica o nome. Quando abriu, a ponte 25 de Abril era a mais longa da Europa.

Se também tiver interesse em arquitetura moderna, há ainda outro bairro agradável para visitar. O Parque das Nações era uma área abandonada que foi desenvolvida na década de 90 para receber a Exposição Universal de 1998.

Depois disso, alguns dos edifícios mais emblemáticos – o Pavilhão Atlântico; o Oceanário; o Pavilhão de Portugal; e a Estação Ferroviária do Oriente – ajudaram a atrair mais promotores, empresas, hotéis, bem como muitas famílias para esta zona prime. E o rio Tejo, sempre presente, com vários quilómetros para caminhar ao longo da água logo desde a ponte Vasco da Gama, é outro ponto de atracção do Parque das Nações.

Reserve este tour Agora!

 


Conheça os Serviços dos meus Parceiros
Estas empresas estão registradas no turismo de Portugal e têm todos os seguros necessários para prestar os serviços.


Viaje com tranquilidade para Portugal

  • Hotel
    Reserve o seu alojamento ou hotel na plataforma mais segura: Booking.
  • Seguro de Viagem
    Faça o seguro de viagem com a Real Seguro Viagem e ganhe um desconto de no mínimo de 10% e ainda tem facilidades no pagamento, parcelado e sem juros. Lembre-se da importância de ter um seguro de viagem.